SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue3Complementary and alternative medicine: use in Montes Claros, Minas GeraisRisk factors for micro and macrovascular disease in black and white patients with type 2 Diabetes mellitus author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

WERNECK, Guilherme Loureiro  and  HASSELMANN, Maria Helena. Intoxicações exógenas em crianças menores de seis anos atendidas em hospitais da região metropolitana do Rio de Janeiro. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2009, vol.55, n.3, pp. 302-307. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302009000300023.

OBJETIVO: Descrever o perfil dos casos de intoxicações exógenas de crianças admitidas em hospitais de emergência da região metropolitana do Rio de Janeiro, durante três anos. MÉTODOS: Realizou-se levantamento dos dados a partir dos boletins de atendimento de emergência, tendo sido identificados os casos suspeitos ou confirmados de intoxicação nas seguintes categorias: drogas, medicamentos e substâncias biológicas; solventes orgânicos e hidrocarbonetos halogenados; produtos químicos; monóxido de carbono e outros gases, fumaças e vapores; e pesticidas. RESULTADOS: Foram registrados 1.574 casos de intoxicação entre crianças até cinco anos de idade, sendo que cerca de 40% dos casos envolveu produtos químicos de uso doméstico, 35% os medicamentos, e 15% algum tipo de pesticida. Mais da metade das intoxicações por pesticidas envolveu o chumbinho, um produto ilegalmente vendido como raticida, que frequentemente contém o agrotóxico carbamato. A distribuição dos agentes envolvidos variou significativamente segundo sexo, sendo a frequência relativa das intoxicações por medicamentos e chumbinho maior no sexo feminino em comparação ao masculino. Observou-se que a participação dos produtos químicos de uso doméstico decresceu com a idade, enquanto aumentou a dos medicamentos como agentes da intoxicação. No período analisado não observou-se redução significativa no número total de casos registrados anualmente. CONCLUSÃO: Fortalecer a rede de Centros de Controle de Intoxicações, intervir na linha de produção de embalagens para medicamentos e produtos químicos, aumentar a fiscalização sobre a comercialização ilegal do chumbinho, e enfatizar atividades de educação em saúde são ações que podem contribuir para mudar este panorama.

Keywords : Toxicologia; Envenenamento; Praguicidas; Medicamentos; Acidentes; Pediatria.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese