SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue1Breastfeeding for at least thirty days is a protective factor against overweight in preschool children from the semiarid region of AlagoasTh1 and Th2 immune responses related to pelvic endometriosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

LOURENCAO, Luciano Garcia; MOSCARDINI, Airton Camacho  and  SOLER, Zaida Aurora Sperli Geraldes. Saúde e qualidade de vida de médicos residentes. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2010, vol.56, n.1, pp. 81-91. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302010000100021.

OBJETIVO: Discutir sobre saúde e qualidade de vida de médicos residentes. MÉTODOS: Estudo de revisão bibliográfica no qual se realizou a análise de conteúdo do assunto enfocado. A fonte de busca foi a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), por meio da BIREME (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde), nas Bases Eletrônicas Medline (Medical Literature Analysis and Retrietal System On-Line), Lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), SciELO (Scientific Eletronic Library On Line) e pelo endereço eletrônico scholar.google.com.br. Os descritores utilizados foram: qualidade de vida, estresse, internato e residência. Realizou-se o ordenamento e a análise da bibliografia científica, de modo a avaliar e discutir aspectos apresentados nos estudos com relação à temática, considerando a distribuição das publicações segundo país de origem, o período de publicação, a fonte e o título, o foco de estudo e as principais conclusões. RESULTADOS: As publicações analisadas abordam aspectos importantes como incidências elevadas de Burnout, estresse, depressão, fadiga e sono entre os residentes; dificuldade de enfrentamento; relação entre carga horária de trabalho e qualidade de vida; necessidade de melhorias na legislação da residência médica para melhorar as condições de trabalho e aprendizado. CONCLUSÃO: A implementação de programas de assistência aos residentes produz melhorias na qualidade da capacitação profissional e na qualidade de vida pessoal, melhorando o relacionamento com os pacientes. Apesar de estressante, a residência médica é uma experiência enriquecedora, que propicia o desenvolvimento profissional e pessoal dos jovens médicos.

Keywords : Qualidade de Vida; Estresse; Internato e residência.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese