SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue3Trends of mortality from ill-defined causes in the Northeast region of Brazil, 1979-2009Transcriptional profile and response to neoadjuvante chemotherapy in breast cancer author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

LIMA, José Ribamar et al. Cistatina C e marcadores inflamatórios em receptores de transplante renal. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2011, vol.57, n.3, pp.347-352. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302011000300020.

OBJETIVO: O transplante renal é a melhor opção para pacientes renais crônicos em estágio terminal. Este estudo avaliou o perfil da cistatina C (CysC), interleucina 2 (IL-2), IL-6, e fator de necrose tumoral-α (TNF-α) como marcadores inflamatórios em 23 transplantados renais de doador vivo. MÉTODOS: Estudo descritivo, analítico e prospectivo conduzido entre 1o de janeiro (2007) e 30 de junho (2008) em 23 transplantados renais de doador vivo. Os biomarcadores foram avaliados no pré, com 30 e 180 dias do pós-transplante. RESULTADOS: A média de idade foi de 34,3 anos (± 11,7), 52% do sexo feminino e 61% de negros. Foi encontrada diferença significativa na CysC e creatinina antes do transplante e 30 dias após o procedimento (p < 0,0001) e antes do transplante e 180 dias após o procedimento (p < 0,0001). Houve uma diferença significativa na IL-2, entre 30 and 180 dias do pós-transplante (p = 0,0418) e no TNF-α antes do transplante e 30 dias após o procedimento (p = 0,0001). Foi observada uma correlação negativa entre CysC e TNF-α no pré-transplante, e entre CysC e IL-6 com 180 dias do pós-transplante. Em pacientes biopsiados houve uma diferença significante na creatinina e na CysC com 30 e 180 dias do pós-transplante. CONCLUSÃO: Em seguimento a curto prazo, não houve correlação relevante entre os níveis de CysC, IL-2, IL-6 e TNF-α em transplantados renais. Em pacientes biopsiados e não biopsiados, os níveis de CysC foram muito similares aos da creatinina, ao contrário de outros marcadores inflamatórios. Demais estudos são importantes para avaliar o perfil destes marcadores a longo prazo.

Keywords : Cistatina C; creatinina; marcadores biológicos; rejeição de enxerto; transplante de rim.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License