SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue6Risk factors for alloimmunization in patients with sickle cell anemiaAnthropometric and body-mass composition suggests an intrinsic feature in Williams-Beuren syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

MAZARO, Isabela Annunziato Ramos et al. Obesidade e fatores de risco cardiovascular em estudantes de Sorocaba, SP. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2011, vol.57, n.6, pp. 674-680. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302011000600015.

OBJETIVO: Verificar a prevalência de obesidade, hipertensão arterial sistêmica (HAS), aumento de cintura e acanthosis nigricans em estudantes da cidade paulistana de Sorocaba em 2009, associando aos fatores de risco. MÉTODOS: Amostra probabilística com 680 crianças (7-11 anos) de 13 escolas municipais de Sorocaba. Um questionário avaliou a prática de atividade física, tempo com televisão, videogame e computador (TV/VG/PC), antecedentes do aluno e dos pais para hipertensão arterial, doença renal e cardíaca e nível econômico. Foram realizadas medidas de peso, altura, cintura, pressão arterial (PA) e verificado acanthosis nigricans. Determinou-se a prevalência de alteração nutricional, HAS, aumento da cintura e acanthosis nigricans. Para a associação do índice de massa corpórea (IMC) IMC > P85 e da PA > P90 com outras variáveis, empregou-se o teste do qui-quadrado ou exato de Fisher (p < 0,05) e a razão de chances prevalente bruta e ajustada. RESULTADOS: A prevalência IMC > P85 foi 22,1% [IC 95%: 19,0-25,3%], de PA > P90 10,9% [IC 95%: 8,6-13,5%], aumento da cintura 15,4% [IC 95%: 12,9-17,9%] e acanthosis nigricans 3,8% [IC 95%: 2,6-5,6%]. Foi encontrada associação do excesso de peso com antecedentes do pai (RCP: 1,76; IC 95%:1,05-2,95; p = 0,02) em ambas as análises. A elevação de PA associou-se ao sexo feminino (RCP: 1,90; IC 95%:1,12-3,23; p = 0,010), ao maior tempo na TV/VG/PC (RCP: 1,82; IC 95%:1,00-3,36; p = 0,030), à presença de acanthosis nigricans (RCP: 8,18; IC 95%:3,37-19,80; p < 0,00), à obesidade (RCP: 4,09; IC 95%:2,416,94; p < 0,00) e à cintura (RCP: 4,83; IC 95%:2,77-8,41; p < 0,00). Após análise multivariada, permaneceram como fatores associados o sexo feminino (RCP ajustada = 2,15; IC 95%:1,17-3,93) e a obesidade (RCP ajustada = 9,51; IC 95%: 4,77-18,97). CONCLUSÃO: A prevalência de excesso de peso, HAS, aumento da cintura e acanthosis nigricans foi relevante, o que justifica a realização dessas medidas.

Keywords : Obesidade; hipertensão; circunferência da cintura; acantose nigricans.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese