SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 número3Cost-effectiveness and budget impact of saxagliptine as additional therapy to metformin for the treatment of diabetes mellitus type 2 in the brazilian private health system índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Associação Médica Brasileira

versión impresa ISSN 0104-4230

Resumen

CHAVES, Gabriela Villaça et al. Associação entre doença hepática gordurosa não alcoólica e marcadores de lesão/função hepática com componentes da síndrome metabólica em indivíduos obesos classe III. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2012, vol.58, n.3, pp. 288-293. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302012000300007.

OBJETIVO: Investigar a associação entre doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) e os marcadores de lesão e função hepática com os componentes da síndrome metabólica (SM) em indivíduos obesos classe III. MÉTODOS: A população estudada foi constituída por 144 pacientes com obesidade classe III (IMC > a 40 kg/m2). A SM foi identificada segundo o critério do NCEP ATP III, por meio da determinação do perfil lipídico, glicemia e insulina basal. Foram quantificados ainda os marcadores de função e lesão hepática. A resistência à insulina (RI) foi verificada pelo índice HOMA-IR e o diagnóstico da DHGNA por ressonância magnética. Os cálculos estatísticos foram realizados pelo programa estatístico SPSS na versão 13.0. A associação foi verificada pelo teste Mann-Whitney e qui-quadrado, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Foi encontrada associação significativa entre o diagnóstico de SM e DHGNA (χ2 = 6,84; p = 0,01). Quanto aos componentes diagnósticos para SM, constatou-se associação positiva e significativa entre HDL-c (p = 0,05), circunferência da cintura (p < 0,05) e hipertensão arterial (χ2 = 4,195; p = 0,041) com a DHGNA. O índice HOMA-IR (p < 0,001) também apresentou associação positiva com a doença hepática. CONCLUSÃO: Constatouse associação positiva e significativa entre DHGNA e componentes da SM em indivíduos obesos classe III, sugerindo a necessidade e importância do monitoramento desses componentes para rastreamento da DHGNA.

Palabras llave : figado gorduroso; síndrome X metabólica; obesidade.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués