SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 número3Physical activity as a predictor of absence of frailty in the elderlySpontaneous pneumomediastinum: case report índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista da Associação Médica Brasileira

versión impresa ISSN 0104-4230

Resumen

RIBEIRO, Hélem de Sena et al. Risco cardiovascular em pacientes submetidos ao transplante hepático. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2012, vol.58, n.3, pp.348-354. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302012000300016.

OBJETIVO: Determinar a prevalência de risco cardiovascular em pacientes submetidos ao transplante hepático de acordo com o escore de Framingham e avaliar possíveis associações com fatores de risco tradicionais e não tradicionais. MÉTODOS: Estudo transversal em que pacientes submetidos ao transplante hepático foram estratificados quanto ao risco cardiovascular pelo escore de Framingham. Variáveis demográficas, socioeconômicas, clínicas e antropométricas foram coletadas para verificar associação com risco cardiovascular utilizando-se análises estatísticas uni e multivariada. RESULTADOS: Foram avaliados 115 pacientes, dos quais 46,1% apresentaram médio ou alto risco para ocorrência de eventos cardiovasculares em 10 anos. O risco percentual médio dos pacientes avaliados foi de 9,5% ± 7,8%. Sexo masculino (OR: 4,97; IC 95% 1,92-12,85; p < 0,01), idade avançada (OR: 1,09; IC 95% 1,04-1,13; p < 0,01) e maior IMC no momento da avaliação (1,09; IC 95% 0,99-1,20; p = 0,03) foram fatores associados ao médio e ao alto riscos cardiovasculares. Maior percentual de risco cardiovascular também esteve associado ao uso de ciclosporina (p = 0,01). CONCLUSÃO: A probabilidade de ocorrência de evento cardiovascular nos pacientes submetidos ao transplante hepático avaliados é superior à da população brasileira. Atenção especial deve ser dedicada a essa população, principalmente em relação aos fatores potencialmente modificáveis associados como maior IMC e uso de ciclosporina.

Palabras clave : fatores de risco; doenças cardiovasculares; transplante de fígado.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf epdf ) | Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons