SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 número3Spontaneous pneumomediastinum: case reportProteomics: methodologies and applications to the study of human diseases índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Associação Médica Brasileira

versión impresa ISSN 0104-4230

Resumen

HELFENSTEIN JUNIOR, Milton; GOLDENFUM, Marco Aurélio  y  SIENA, César Augusto Fávaro. Fibromialgia: aspectos clínicos e ocupacionais. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2012, vol.58, n.3, pp. 358-365. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302012000300018.

A fibromialgia (FM) é uma síndrome clínica comumente observada na prática médica diária e possui etiopatogenia ainda obscura. Caracterizada por quadro de dor musculoesquelética crônica associada a variados sintomas, a FM pode ser confundida com diversas outras doenças reumáticas e não reumáticas, quando estas cursam com quadros de dor difusa e fadiga crônica. O tratamento da FM deve ser multidisciplinar, individualizado, contar com a participação ativa do paciente e basear-se na combinação das modalidades não farmacológicas e farmacológicas. Presente tanto em ambientes laborais como não laborais, não há evidência científica na literatura de que a FM possa ser causada pelo trabalho. A FM comumente não leva à incapacidade laborativa. Nos casos em que a dor ou a fadiga não respondem ao tratamento adequado, atingindo níveis significativos, o afastamento do trabalho por curto período de tempo pode ser considerado. Pela relevância do tema, os autores elaboraram este artigo de revisão a partir de investigação exploratória, qualitativa e bibliográfica com objetivo de estudar os principais aspectos clínicos e ocupacionais da FM, dando ênfase ao embasamento teórico-conceitual e na experiência de especialistas.

Palabras llave : fibromialgia; revisão; reumatologia; medicina do trabalho; dor referida.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués