SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue1Correlation between indicators of abdominal obesity and serum lipids in the elderlyMetabolic syndrome in obese adolescents: what is enough? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

POETA, Lisiane Schilling et al. Efeitos do exercício físico e da orientação nutricional no perfil de risco cardiovascular de crianças obesas. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2013, vol.59, n.1, pp.56-63. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302013000100012.

OBJETIVO: Analisar os efeitos de um programa de exercício físico e orientação nutricional supervisionado, de caráter lúdico, no perfil de risco cardiovascular de crianças obesas. MÉTODOS: Quarenta e quatro crianças com idades entre 8 e 11 anos divididas em dois grupos pareados em sexo e idade: grupo intervenção (n = 22) e controle (n = 22). Mensurou-se, antes e após a intervenção, a massa corporal, estatura, perímetro abdominal, colesterol total, HDL-colesterol, LDL-colesterol, triglicérides, glicemia de jejum, proteína C reativa ultrassensível, pressão arterial e espessura médio-intimal carotídea. Ambos os grupos continuaram com acompanhamento médico tradicional. O grupo caso participou de 12 semanas de exercício físico, com atividades recreativas em três sessões semanais e uma sessão semanal de orientação nutricional. O grupo controle não participou da intervenção descrita. Na análise foram utilizados a estatística descritiva, o teste t pareado e o teste não pareado, o teste U de Mann Whitney e o teste do Wilcoxon, adotando-se nível de significância p > 0,05. RESULTADOS: Trinta e duas crianças completaram o estudo (16 em cada grupo). Ao final, o grupo caso apresentou redução significativa no índice de massa corporal (IMC) (p = 0,001), colesterol total (p = 0,001) e LDL-colesterol (p = 0,001), pressão arterial diastólica (p = 0,010) e espessura médio-intimal média (p = 0,003) e máxima (p = 0,002). O grupo controle apresentou aumento significativo no perímetro abdominal (p = 0,001), glicemia (p = 0,025), proteína C reativa (p = 0,016) e redução do HDL-colesterol (p = 0,012) e colesterol total (p = 0,042) e aumento na espessura médio-intimal média (p = 0,012) e máxima (p = 0,024). CONCLUSÃO: O programa foi efetivo na redução dos indicadores de obesidade e na diminuição da espessura médio-intimal, um sinal indireto e precoce da aterosclerose.

Keywords : Doenças cardiovasculares; Atividade física; Obesidade; Criança; Recreação.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License