SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 issue9Translation and validation of Hyperhidrosis Disease Severity ScaleReasons for choosing the profession and profile of newly qualified physicians in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230On-line version ISSN 1806-9282

Abstract

CUCATO, GABRIEL GRIZZO et al. Qualidade de vida relacionada à saúde em idosos brasileiros residentes em comunidade e institucionalizados: comparação entre gêneros. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2016, vol.62, n.9, pp.848-852. ISSN 1806-9282.  http://dx.doi.org/10.1590/1806-9282.62.09.848.

Objetivo

comparar os indicadores de qualidade de saúde de vida (QV) entre idosos homens e mulheres institucionalizados e aqueles que vivem na comunidade sozinhos ou com a família.

Método

estudo transversal com amostra composta por 496 idosos homens e mulheres, entrevistados por pesquisadores em um hospital privado que atende idosos institucionalizados e da comunidade. Os indicadores de QV (World Health Organization Quality of Life), atividades da vida diária (Katz questionnaire), atividades instrumentais da vida diária (Lawton questionnaire), exame do estado mental (mini-mental), teste de força de preensão manual (Handgrip) e capacidade funcional (Timed up to go) foram obtidos.

Resultados

homens institucionalizados apresentaram maiores escores de QV no domínio físico e psicológico em relação aos idosos que vivem na comunidade sozinhos (p<0,05). Nas mulheres, os escores em todos os domínios de QV (físico, psicológico, relações sociais e ambientais) foram semelhantes entre as idosas institucionalizadas e as residentes na comunidade, que vivem sozinhas ou com a família.

Conclusão

homens idosos institucionalizados relataram melhores escores de QV nos domínios físico e psicológico em comparação com pares que vivem na comunidade, enquanto, em mulheres, resultados similares foram observados nas idosas institucionalizadas e da comunidade.

Keywords : envelhecimento; institucionalização; função física; cognição.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )