SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue3Subtalar arthroscopic debridment for the treatment of sinus tarsi syndrome: case seriesEffects of eccentric exercise in pressure pain threshold in subjects with functional ankle equinus condition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230On-line version ISSN 1806-9282

Abstract

HACHUL, Helena et al. Sleep disorders in polycystic ovary syndrome: influence of obesity and hyperandrogenism. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2019, vol.65, n.3, pp.375-383.  Epub Apr 11, 2019. ISSN 0104-4230.  https://doi.org/10.1590/1806-9282.65.3.375.

OBJETIVO:

Este estudo objetivou avaliar o sono de mulheres com síndrome do ovário policístico, com e sem hiperandrogenismo, em comparação com um grupo controle saudável, e estudar os efeitos do hiperandrogenismo e da obesidade nos parâmetros do sono.

MÉTODOS:

Um total de 44 voluntárias foram recrutadas para participar do estudo. Os parâmetros clínicos, bioquímicos e polissonográficos e foram usados para diagnosticar SOP e hiperandrogenismo. A avaliação da qualidade de sono foi feita usando questionários validados e o exame polissonográfico. A frequência de síndrome da apneia obstrutiva também foi comparada entre os grupos.

RESULTADOS:

O estudo revelou que mulheres com SOP apresentaram menor qualidade de sono subjetiva, incidência aumentada de ronco e maior risco para síndrome da apneia obstrutiva, baseada no questionário de Berlin. Ademais, após o ajuste para índice de massa corpórea, mulheres com SOP tiveram menor tempo de sono REM do que aquelas do grupo controle. Dentre as mulheres com SOP, aquelas com hiperandrogenismo não tiveram diferenças em nenhuma variável do sono. Mulheres com síndrome da apneia obstrutiva foram diagnosticadas no grupo SOP.

CONCLUSÕES:

Nossos resultados indicam que a SOP afeta a qualidade subjetiva de sono, bem como a qualidade objetiva e do sono, em razão da redução do tempo de sono REM em mulheres diagnosticadas com a síndrome. A obesidade afetou parâmetros relacionados ao sono, mas o hiperandrogenismo não teve efeito. A síndrome da apneia obstrutiva somente foi diagnosticada em mulheres com SOP.

Keywords : hormonal; hiperandrogenismo; síndrome do ovário policístico; sono; mulheres.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )