SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue3Non-pharmacological motor-cognitive treatment to improve the mental health of elderly adultsGravity of the non-authorized use of substances not intended for clinical use in invasive aesthetic procedures: the portuguese case author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230On-line version ISSN 1806-9282

Abstract

WU, Xue-Liang et al. Id-1 expression in colorectal adenocarcinoma tissues and its clinical significance. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2019, vol.65, n.3, pp.404-409.  Epub Apr 11, 2019. ISSN 0104-4230.  https://doi.org/10.1590/1806-9282.65.3.404.

OBJETIVO:

O objetivo deste estudo é investigar a expressão de Id-1 em tecidos de adenocarcinoma colorretal em humanos e investigar sua correlação com os parâmetros patológicos clínicos de câncer colorretal.

MÉTODOS:

Os níveis de expressão de proteína e mRNA Id-1 em 50 amostras de tecido colorretal normal e 50 amostras de tecido de adenocarcinoma colorretal foram detectados através de reação em cadeia de polimerase precedida de transcrição reversa e western blot. Além disso, a proteína Id-1 foi detectada através de imuno-histoquímica. A correlação entre a expressão de Id-1 e características clínico-patológicas foi analisada.

RESULTADOS:

O nível de expressão de mRNA Id-1 em tecidos de adenocarcinoma colorretal e tecidos colorretais normais foi de 0,96 ± 0,03 versus 0,20 ± 0,04, respectivamente; a diferença foi estatisticamente significativa (P= 0,011). Além disso, a expressão da proteína Id-1 foi maior em tecidos de adenocarcinoma colorretal do que em tecidos colorretais normais (0,82 ± 0,04 versus 0,31 ± 0,02, P= 0,020). Além disso, a taxa de expressão positiva de proteínas Id-1 foi maior em tecidos de adenocarcinoma colorretal do que em tecidos colorretais normais (72,00% vs. 24,00%, X2=23,431, p=0,000). A expressão de Id-1 foi correlacionada com a profundidade da invasão tumoral, estágio TNM, metástases linfonodais, invasão vascular e metástase hepática (P<0,01). Todavia, essa expressão não se correlacionou com o tamanho do tumor e graus de diferenciação (P>0,05).

CONCLUSÃO:

A alta expressão de Id-1 em tecidos de adenocarcinoma colorretal desempenham um importante papel no processo do câncer, e é esperado que se torne um novo indicador de monitoramento de tumores para o diagnóstico clínico, tratamento e estimativa de prognóstico.

Keywords : Neoplasias Colorretais; Imuno-histoquímica; Blotting, Western; Adenocarcinoma.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )