SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue5Repercussions of melatonin on the risk of breast cancer: a systematic review and meta-analysisIsthmocele: an overview of diagnosis and treatment author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230On-line version ISSN 1806-9282

Abstract

MOSINI, Amanda Cristina et al. Neurophysiological, cognitive-behavioral and neurochemical effects in practitioners of transcendental meditation - A literature review. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2019, vol.65, n.5, pp.706-713.  Epub June 03, 2019. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/1806-9282.65.5.706.

O termo meditação pode ser utilizado de diversas formas, de acordo com a técnica a que se refere. A meditação transcendental (MT) é uma dessas técnicas meditativas. A MT pode ser um modelo para pesquisas de meditação espiritual, diferentemente de técnicas de meditação baseadas em uma compreensão secular. O presente estudo objetiva realizar uma revisão bibliográfica para organizar as evidências científicas sobre os efeitos da MT sobre a neurofisiologia, neuroquímica e aspectos cognitivos e comportamentais dos seus praticantes. Para a realização desta revisão narrativa crítica da literatura, foi realizado um levantamento dos artigos científicos presentes na base de dados PubMed do National Center for Biotechnology Information. As palavras-chave utilizadas na busca foram Transcendental Meditation, Neuroscience of meditation e Meditation and behavior. Foram selecionados 21 artigos que analisavam diferentes aspectos que poderiam ser alterados pela prática meditativa. Conclui-se que a MT produz efeitos neuroquímicos, neurofisiológicos e cognitivo-comportamentais documentáveis em seus praticantes, de caráter positivo e significativo. Entre os principais efeitos estão a diminuição da ansiedade e do estresse (via diminuição nos níveis de cortisol e noradrenalina), aumento na sensação de prazer e bem-estar (em decorrência ao aumento na síntese e liberação de dopamina e serotonina) e influência na evocação e possível consolidação da memória. São necessários mais estudos utilizando desenhos metodológicos inovadores e criativos, analisando diferentes circuitos neurais e verificando o impacto clínico sobre os praticantes.

Keywords : Meditação; Terapias mente-corpo; Terapias complementares; Neurofisiologia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )