SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número30Valores, socialização e comportamento: sugestões para uma sociologia da elite judiciáriaElites políticas regionais: o caso das interventorias gaúchas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Sociologia e Política

versão impressa ISSN 0104-4478versão On-line ISSN 1678-9873

Resumo

OLIVEIRA, Wilson José Ferreira de. Engajamento político, competência técnica e elites dirigentes do movimento ambientalista. Rev. Sociol. Polit. [online]. 2008, vol.16, n.30, pp.167-186. ISSN 0104-4478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-44782008000100011.

Este artigo examina as condições e as dinâmicas de utilização de competências peritas na militância política. No que pese as diferenças de abordagens, um dos temas constantes tanto na literatura nacional quanto na internacional, diz respeito à importância crescente dos recursos escolares e da legitimidade perita no recrutamento e seleção para os postos de direção em organizações ambientalistas. Com base numa investigação sobre os principais dirigentes das mobilizações e organizações ambientalistas entre a década de 1970-2004, pretende-se evidenciar a hipótese de que a utilização dessas competências no exercício de funções dirigentes resulta de dinâmicas de diversificação do ensino superior e da maior articulação entre formação escolar e engajamento político, por meio da inserção em diversas redes de organizações e "movimentos sociais" no decorrer de seus itinerários familiares, escolares, políticos e profissionais. Os procedimentos metodológicos utilizados para dar conta disso, consistiram na realização de 50 entrevistas biográficas com dirigentes de diferentes tipos de associações ambientalistas, com vistas à apreensão dos itinerários que os conduziram ao engajamento político, dos significados atribuídos à formação profissional e dos tipos de recursos e de vínculos sociais que respaldam suas concepções e práticas militantes. As principais conclusões obtidas demonstram que, ao invés da imposição de um "militância perita", o característico da situação analisada é uma forte imbricação do exercício de funções peritas no ambientalismo com a inserção simultânea em múltiplas redes de organizações e "movimentos sociais" e a ocupação de postos em diferentes esferas sociais com base nos recursos e vinculações políticas acumuladas por meio de tais inserções.

Palavras-chave : elites dirigentes; militância; engajamento; participação política; competência técnica; ambientalismo.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons