SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue30Regional political elites: the case of the Rio Grande do Sul intervenThe institutionalization of the House of Representatives in the United States author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Sociologia e Política

Print version ISSN 0104-4478

Abstract

SEIDL, Ernesto. Elites militares, trajetórias e redefinições político-institucionais (1850-1930). Rev. Sociol. Polit. [online]. 2008, vol.16, n.30, pp. 199-220. ISSN 0104-4478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-44782008000100013.

O estudo aborda as condições sociais e culturais de formação da elite do Exército brasileiro entre o Império e a Primeira República. Em um contexto de baixa autonomia do domínio militar frente a outras esferas sociais, os resultados apontam para o funcionamento de mecanismos híbridos de recrutamento e seleção regulados por lógicas contraditórias que fundem princípios meritocráticos (títulos escolares, tempo de serviço, bravura) e extra-meritocráticos (relações personalísticas, notoriedade política) para a ascensão na carreira. Sem desconhecer os efeitos da expansão do sistema escolar militar e a adoção de critérios formais de regulação, o estudo procurou explorar os impactos objetivos de tais inovações sobre aquela esfera profissional dando espaço para a análise das variadas combinações de recursos e estratégias acionados pelos agentes sociais, em especial o uso de relações baseadas na reciprocidade pessoal e as tomadas de posição política. A reconstituição do espaço militar brasileiro a partir do exame das trajetórias de altos oficiais procura contribuir para a compreensão das concepções que os agentes apresentam como legítimo ou ilegítimo, as condutas sendo lidas de modo variável segundo o ponto de vista adotado e a posição ocupada no espaço social. Por meio da apresentação em profundidade de duas trajetórias, aponta-se como se articulam as relações entre práticas sociais, concepções e significados associados a determinados agentes e grupos e os processos de redefinição institucional em que estão inseridos, buscando trazer nova luz sobre as transformações do espaço político e os processos de inovação institucional em curso no Brasil do período.

Keywords : elites militares; Exército; meritocracia; clientelismo; trajetórias sociais.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese