SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue41Professional judges? Career patterns for members of the Brazilian (1829-2008) and United States (1789-2008) Supreme CourtsThe state government in Brazilian political experience: legislative performance in state assemblies author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Sociologia e Política

Print version ISSN 0104-4478

Abstract

NEIVA, Pedro  and  IZUMI, Maurício. Os "doutores" da federação: formação acadêmica dos senadores brasileiros e variáveis associadas. Rev. Sociol. Polit. [online]. 2012, vol.20, n.41, pp. 171-192. ISSN 0104-4478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-44782012000100011.

Fazemos uma descrição detalhada da formação acadêmica dos senadores brasileiros no período de 1987 a 2006, buscando identificar padrões "cross section" e ao longo do tempo. Procuramos também avaliar se as formações estão relacionadas à região de origem, à filiação partidária, à participação nas comissões, à experiência parlamentar e ao comportamento em votações nominais no plenário do Senado. Verificamos que há um predomínio de senadores formados em Direito, mas a sua proporção vem caindo ao longo do tempo. Outros grupos importantes foram os dos engenheiros, dos profissionais da saúde e da área de Humanidades. Destacamos o papel dos senadores formados em Economia, que se concentraram na região Sudeste, nos partidos com vocação presidencial - Partido dos Trabalhadores (PT) e no Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) - e na Comissão de Assuntos Econômicos. Os economistas parecem ter desempenhado um papel importante, em um momento de crises econômicas internas e externas, de inflação galopante e de uma agenda que privilegiava ajustes fiscais, reformas, privatizações e estabilidade macroeconômica.

Keywords : senadores; Senado Federal; elites; perfil; economistas; poder Legislativo.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese