SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1Analysis and characterization of cost models that use Shapley value for cost allocation within departmentsMethods for the identification of dispersion effects in unreplicated factorial experiments author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Gestão & Produção

Print version ISSN 0104-530X

Abstract

PEROSA, Bruno Benzaquem  and  PAULILLO, Luiz Fernando. Novas formas de coordenação setorial em cadeias agroindustriais após 1990: o caso dos elos tritícola e moageiro brasileiros. Gest. Prod. [online]. 2009, vol.16, n.1, pp. 85-98. ISSN 0104-530X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2009000100009.

O presente artigo buscou analisar o impacto das mudanças institucionais ocorridas no início dos anos 1990 sobre a coordenação dos dois elos básicos (tritícola e moageiro) da cadeia do trigo brasileiro. Dentre estas mudanças, podem ser destacadas a desregulamentação do setor e a abertura econômica, posteriormente ampliada pela implementação do Mercosul. Como resultado, foi possível observar uma profunda transformação nos mecanismos de coordenação vertical e horizontal no setor. A abertura econômica e a saída do Estado como coordenador das transações de trigo internalizou os mecanismos de governança utilizados internacionalmente no mercado de trigo brasileiro. Notou-se também uma mudança no papel das entidades setoriais que antes tinham sua atuação completamente direcionada à representação junto às agências públicas que regulavam o setor, passando a oferecer outros recursos para seus associados como assistência técnica e jurídica. Ainda assim, foi possível verificar uma forte dependência de trajetória dessas novas formas de coordenação com o ambiente institucional que regulou esse setor até 1990.

Keywords : Trigo; Ambiente institucional; Coordenação de cadeias agroindustriais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese