SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4Risk management applied to software development projects in incubated technology-based companies: literature review, classification, and analysisPositioning of ambulances of the SAMU system by Integer Programming and Queueing Theory índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Gestão & Produção

versión impresa ISSN 0104-530Xversión On-line ISSN 1806-9649

Resumen

COLLATTO, Dalila Cisco; SOUZA, Marcos Antonio de; NASCIMENTO, Anete Petrusch do  y  LACERDA, Daniel Pacheco. Interações, convergências e inter-relações entre Contabilidade Enxuta e Gestão Estratégica de Custos: um estudo no contexto da Produção Enxuta. Gest. Prod. [online]. 2016, vol.23, n.4, pp.815-827.  Epub 12-Dic-2016. ISSN 1806-9649.  https://doi.org/10.1590/0104-530x1279-15.

O objetivo do artigo é identificar o uso de práticas da contabilidade enxuta (CE) no alinhamento com a gestão estratégica de custos (GEC) em empresas do segmento de bens industriais que adotam a produção enxuta. Trata-se de estudo multicaso realizado no 2º semestre de 2013. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas, análise documental e observações in loco. A análise dos dados ocorreu qualitativa e comparativamente entre as empresas. Os principais resultados indicam que as empresas seguem utilizando os métodos tradicionais de custeio. Isso ocorre pois acreditam que métodos mais sofisticados não levam a uma maior precisão das informações, contrariando o enfatizado pela literatura. Da mesma forma, o uso de outras práticas da CE, tais como fluxo de valor e gerenciamento visual, são pouco utilizadas. Observou-se que a CE é uma filosofia convergente com a GEC. Algumas práticas se mostram alinhadas, tais como custo da qualidade, análise de custo logístico, análise de custo kaizen, análise da cadeia de valor, ABM (Gestão Baseada em Atividade – do inglês Activity Based Management) e BSC (Balanced Scorecard). Constatou-se que as práticas da contabilidade enxuta não interferem desfavoravelmente no uso de práticas da GEC. Enfim, as empresas mostram-se mais aderentes às práticas de produção enxuta do que propriamente à contabilidade enxuta, evidenciando uma carência em relação à literatura que trata do tema.

Palabras clave : Manufatura enxuta; Contabilidade enxuta; Gestão estratégica de custo.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )