SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1Performance of Brazilian Portuguese and English speaking subjects on the Test of Early Language DevelopmentDevelopment skills in children with congenital hypothyroidism: focus on communication author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pró-Fono Revista de Atualização Científica

Print version ISSN 0104-5687

Abstract

ZAIDAN, Elena; GARCIA, Adriana Pontin; TEDESCO, Maria Lucy Fraga  and  BARAN, Jane A.. Desempenho de adultos jovens normais em dois testes de resolução temporal. Pró-Fono R. Atual. Cient. [online]. 2008, vol.20, n.1, pp. 19-24. ISSN 0104-5687.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872008000100004.

TEMA: o processamento auditivo temporal se refere a percepção de um evento sonoro ou de uma alteração no mesmo, dentro de um intervalo definido de tempo e é considerado uma habilidade fundamental na percepção auditiva de sons verbais e não verbais, na percepção de música, ritmo e pontuação e na discriminação de pitch, de duração e de fonemas. OBJETIVO: realizar um estudo comparativo do desempenho de adultos jovens normais nos testes de resolução temporal, Random Gap Detection Test (RGDT) e Gaps-in-Noise (GIN) e analisar diferenças entre esses dois métodos de avaliação. MÉTODO: 25 universitários, 11 homens e 14 mulheres, com audição normal e sem histórico de alterações educacionais, neurológicas e/ou linguagem, foram submetidos ao RGDT e ao GIN, a 40dB NS. RESULTADO: observou-se diferença estatisticamente significante entre os sexos sendo que as mulheres apresentaram pior desempenho nos dois testes. No estudo comparativo dos resultados do RGDT e GIN, observaram-se diferenças significativas no desempenho da amostra. De maneira geral, os limiares de detecção de gap no teste GIN foram melhores do que os limiares obtidos no RGDT. CONCLUSÃO: o sexo masculino teve melhor desempenho tanto no teste RGDT quanto no GIN, quando comparado ao feminino. Além disso, não houve diferença significante nas repostas do GIN nas orelhas direita e esquerda. Os sujeitos deste estudo tiveram melhor desempenho no teste GIN, quando comparado ao RGDT, tanto no sexo masculino quanto no feminino. Portanto, o teste GIN apresentou vantagens sobre o RGDT não apenas quanto à sua validade e sensibilidade, mas também com relação a sua aplicação e correção dos resultados.

Keywords : Audição; Percepção Sonora; Adulto.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese