SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue3Mandibular movement range in childrenCritical analysis of three newborn hearing screening protocols author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pró-Fono Revista de Atualização Científica

Print version ISSN 0104-5687

Abstract

MARANGONI, Andréa Tortosa  and  GIL, Daniela. Influência do tipo de transdutor na deficiência auditiva de grau profundo. Pró-Fono R. Atual. Cient. [online]. 2009, vol.21, n.3, pp. 195-200. ISSN 0104-5687.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872009000300003.

TEMA: indivíduos com deficiência auditiva de grau profundo podem apresentar respostas por vibração com os fones supra-aurais devido a grande área do crânio exposta à vibração nestes transdutores. OBJETIVO: verificar a influência do tipo de transdutor na obtenção dos limiares auditivos por via aérea em indivíduos com deficiência auditiva neurossensorial de grau profundo. MÉTODO: 50 indivíduos, com idades variando de 16 a 55 anos, foram submetidos a anamnese, meatoscopia, e posteriormente, a audiometria tonal liminar e limiar de detecção de voz (LDV). As audiometrias tonal e vocal foram realizadas tanto com fones supra-aurais TDH-39 quanto com os fones de inserção ER-3A. RESULTADOS: nas audiometrias tonal e vocal, notamos que, com o fone de inserção, foram obtidos limiares auditivos mais elevados do que os obtidos com o fone supra-aural, com significância estatística nas freqüências de 250Hz e 1000Hz. Ao observarmos a diferença entre os resultados obtidos com o transdutor TDH-39 e o ER-3A em cada orelha separadamente, notamos que a diferença foi maior na orelha direita com significância estatística somente na freqüência de 250 Hz. Em relação ao sexo, notamos que as diferenças entre os transdutores foram maiores no sexo masculino com significância estatística na freqüência de 250 Hz. No entanto, no LDV, a diferença maior foi encontrada no sexo feminino. CONCLUSÃO: deficientes auditivos neurossensorias de grau profundo bilateral apresentam limiares de audibilidade mais elevados (piores) com os fones de inserção do que com os fones supra-aurais nas freqüências baixas, evidenciando a existência das respostas por vibração com os fones supra-aurais.

Keywords : Fones de Ouvido; Vibração; Audiometria de Tons Puros; Audiometria de Fala.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese