SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número4Implante coclear: correlação da recuperação neural, privação auditiva e etiologiaCorrelação entre voz e fala traqueoesofágica e pressão intraluminal da transição faringoesofágica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pró-Fono Revista de Atualização Científica

versão impressa ISSN 0104-5687

Resumo

ROCHA, Caroline Nunes et al. Potencial evocado auditivo de tronco encefálico com estímulo de fala. Pró-Fono R. Atual. Cient. [online]. 2010, vol.22, n.4, pp.479-484. ISSN 0104-5687.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872010000400020.

TEMA: embora o uso clínico do estímulo clique na avaliação da função auditiva no Tronco Encefálico (TE) já esteja bastante difundido, e uma grande variedade de pesquisadores usarem tal estímulo nos estudos da audição humana, pouco se sabe a respeito do processamento auditivo de estímulos complexos como a fala. OBJETIVO: o presente estudo tem como objetivo caracterizar os achados dos Potenciais Evocados Auditivos de Tronco Encefálico (PEATE) realizados com estímulos de fala, em indivíduos adultos com desenvolvimento típico. MÉTODO: 50 indivíduos, sendo 22 do gênero masculino e 28 do feminino, com desenvolvimento típico, foram avaliados quanto aos PEATE, tanto para estímulo clique quanto para estímulo de fala. RESULTADOS: foram identificadas e analisadas as latências e amplitudes das componentes da resposta onset (V, A e complexo VA), a área e slope, que ocorrem antes dos 10ms; essas medidas foram identificadas em todos os indivíduos avaliados, e mostrou valores de latências (ms) para as ondas V, A e Complexo VA: V= 7.18 (DP= 1.08); A = 8.66 (DP=1.13); Complexo VA = 1.49 (DP=0.43). Para as amplitudes (µV) das ondas, os valores foram: V = 0.29 (DP=0.15); A = -0.3 (DP=0.18); Complexo VA = 0.58 (DP=0.25). As medidas de área (µV X ms) e slope (µV/ms) foram 0.27 (DP=0.17) e 0.4 (DP=0.17) respectivamente. CONCLUSÃO: a partir dos dados coletados, pode-se constatar que este potencial surge como uma nova ferramenta para o conhecimento da codificação dos sons em nível de TE.

Palavras-chave : Eletrofisiologia; Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Encefálico; Percepção da Fala.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons