SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número4Processamento auditivo e consciência fonológica em crianças com aquisição de fala normal e desvianteEscalas de avaliação da leitura e da escrita: evidências preliminares de confiabilidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pró-Fono Revista de Atualização Científica

versão impressa ISSN 0104-5687

Resumo

BENTO, Ana Carolina Paiva  e  BEFI-LOPES, Debora Maria. Organização e narração de histórias por escolares em desenvolvimento típico de linguagem. Pró-Fono R. Atual. Cient. [online]. 2010, vol.22, n.4, pp.503-508. ISSN 0104-5687.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872010000400024.

TEMA: habilidades narrativas em escolares com desenvolvimento típico de linguagem. OBJETIVO: analisar tanto a ordenação de figuras que compõem histórias, quanto a classificação do tipo de discurso empregado na narração dessas histórias por escolares em desenvolvimento típico de linguagem. MÉTODO: participaram deste estudo 60 escolares na faixa etária entre sete e dez anos de idade com desenvolvimento típico de linguagem. Foi utilizada uma série de 15 histórias, representadas por figuras, compostas por quatro cenas cada. Essas sequências foram criadas e classificadas em mecânicas, comportamentais e intencionais, segundo as relações envolvidas entre as personagens. Os dados foram transcritos e analisados conforme o tipo de discurso (descritivo, causal e intencional) e, além disso, foi pontuado o tipo de organização das figuras realizadas pelas crianças. RESULTADOS: não foram observadas diferenças entre as faixas etárias em relação à ordenação temporal. Para todas as faixas etárias o discurso predominante foi o do tipo causal e houve diferenças estatisticamente significantes entre as faixas etárias para os tipos de discurso causal e intencional. Também se verificou que com o aumento da complexidade das histórias fornecidas e com o aumento da idade houve aumento do tipo de discurso intencional e diminuição do tipo de discurso descritivo. CONCLUSÕES: a capacidade de ordenação temporal já está desenvolvida aos sete anos e os tipos de discurso realizados sofrem influência da idade e do tipo de história fornecida.

Palavras-chave : Fonoaudiologia; Linguagem Infantil; Desenvolvimento da Linguagem; Narração.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons