SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1From Nova Friburgo to Fribourg in writing: Swiss colonization seen by the immigrantsOverseas disease: comparative studies of oncocercosis in Latin America and Africa author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

Print version ISSN 0104-5970On-line version ISSN 1678-4758

Abstract

BENCHIMOL, Jaime L.; SA, Magali Romero; ANDRADE, Márcio Magalhães de  and  GOMES, Victor Leandro Chaves. Bertha Lutz e a construção da memória de Adolpho Lutz. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2003, vol.10, n.1, pp.203-250. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702003000100007.

Com a documentação de Bertha e Adolpho Lutz, depositada no Arquivo do Museu Nacional, os autores reconstroem o esforço realizado pela filha para preservar a memória do pai depois de sua morte em 6 de outubro de 1940. Seus projetos incluíam a construção de um museu para abrigar as coleções de Adolpho Lutz, assim como a publicação de toda sua obra e de uma biografia. Pioneira do movimento feminista no Brasil e pesquisadora do Museu Nacional do Rio de Janeiro, Bertha foi sempre fiel auxiliar do pai, tomando como diretriz de sua própria vida profissional uma das linhas de pesquisa iniciada por ele. Por mais de trinta anos, dedicou-se à missão de imortalizar o nome do pai, acionando com este fim políticos e cientistas brasileiros e estrangeiros. Os resultados ficaram bem aquém do esperado, tendo Bertha Lutz registrado em testamento o desejo de que a obra e biografia de Adolpho Lutz fossem concretizados pelos pósteros.

Keywords : memória; Adolpho Lutz; Bertha Lutz; coleções científicas; museu em memória a Adolpho Lutz.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License