SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Brazilian mini-computers in the 1970's: a democratic market reserve during the authoritarian dictatorshipMarie Rennotte, educator and medical doctor: elements for a historical and biographical, social and medical study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

Print version ISSN 0104-5970On-line version ISSN 1678-4758

Abstract

MENEGHEL, Stela N.; ABBEG, Claídes  and  BASTOS, Ronaldo. "Os vivos são sempre e cada vez mais governados pelos mortos": um estudo exploratório sobre desigualdades no morrer. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2003, vol.10, n.2, pp.683-702. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702003000200009.

Trata-se de uma investigação exploratória realizada em um cemitério de Porto Alegre, que serviu como prática de campo da disciplina de epidemiologia e sociedade, na pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), durante o primeiro semestre letivo de 1999. O objetivo da visita era observar as diferenças no morrer encontradas no Cemitério da Santa Casa da Misericórdia da cidade de Porto Alegre. As categorias analisadas foram: óbitos infantis; óbitos violentos; características epidemiológicas - gênero, profissão, cultura; pobreza/riqueza, incluindo mortes anônimas. O objetivo do estudo é integrar aspectos históricos, artísticos e literários no entendimento da saúde/doença das populações, tornando o perfil sanitário das mesmas mais integral e abrangente.

Keywords : desigualdade no morrer; arte cemiterial; processo saúde [doença].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License