SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 suppl.Institucionalização das ciências, sistema de gênero e produção científica no Brasil (1939-1969)'Moças e senhoras dentistas': formação, titulação e mercado de trabalho nas primeiras décadas da República índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versão impressa ISSN 0104-5970versão On-line ISSN 1678-4758

Resumo

LOPES, Maria Margaret. Proeminência na mídia, reputação em ciências: a construção de uma feminista paradigmática e cientista normal no Museu Nacional do Rio de Janeiro. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2008, vol.15, suppl., pp.73-95. ISSN 1678-4758.  https://doi.org/10.1590/S0104-59702008000500004.

Bertha Lutz foi uma das mulheres de sua geração que desfrutaram de incontestável autoridade política e científica. Escreveu muito, e mais ainda se escreveu sobre ela, especialmente em sua época. Notícias de jornais, crônicas de Lima Barreto, inúmeras cartas, artigos científicos e textos inéditos da própria Bertha, comentados neste artigo, nos permitem observar que seu feminismo emprestou-lhe notoriedade e visibilidade - cuidadosamente construídas -, que se articulariam com seu desempenho profissional, impulsionando-o. A ciência lhe conferia prestígio social e garantia legitimidade para suas causas. Nesse período em que a comunidade científica tomou para si a tarefa de tornar públicas as suas conquistas, a proeminência feminista de Bertha na mídia emprestou-lhe reputação em ciências.

Palavras-chave : Bertha Lutz; história das ciências; história do feminismo; gênero em ciências.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons