SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 suppl.O império dos hormônios e a construção da diferença entre os sexosSexualidades interditadas: loucura e gênero masculino índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versão impressa ISSN 0104-5970versão On-line ISSN 1678-4758

Resumo

FREIRE, Maria Martha de Luna. 'Ser mãe é uma ciência': mulheres, médicos e a construção da maternidade científica na década de 1920. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2008, vol.15, suppl., pp.153-171. ISSN 1678-4758.  https://doi.org/10.1590/S0104-59702008000500008.

Este artigo analisa a construção do ideário da maternidade científica no Brasil na década de 1920, situando-o como parte do amplo projeto reformador republicano com vista à constituição da nacionalidade. Pretende-se demonstrar o envolvimento de múltiplos agentes sociais na configuração do discurso maternalista, especialmente a participação ativa de mulheres, e redimensionar as relações entre mulheres e médicos como uma parceria negociada em torno de afinidades eletivas quanto ao interesse mútuo na valorização da maternidade. Destaca-se o papel essencial das revistas femininas nesse processo.

Palavras-chave : maternidade; puericultura; higiene; maternalismo; revistas femininas; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons