SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Hansen's disease in Maranhão in the 1930s: on the way to Colônia do BonfimThe religious imaginary of Hansen's disease patients: a comparative study of former inmates of the asylums of São Paulo and current Hansen's disease patients índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versión impresa ISSN 0104-5970versión On-line ISSN 1678-4758

Resumen

CASTRO, Selma Munhoz Sanches de  y  WATANABE, Helena Akemi Wada. Isolamento compulsório de portadores de hanseníase: memória de idosos. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2009, vol.16, n.2, pp.449-487. ISSN 1678-4758.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702009000200010.

De 1924 a 1962 o Brasil utilizou a internação compulsória de pacientes de hanseníase como controle da doença na comunidade. Com o final dessa política, muitos pacientes continuaram a viver nessas unidades. O Asilo Pirapitingui, hoje Hospital Dr. Francisco Ribeiro Arantes, é a única retaguarda asilar para internação de portadores de hanseníase por indicação social. Obtivemos o relato da história de vida de oito de seus remanescentes, que foram gravados e transcritos. A análise temática desses relatos permitiu a identificação das seguintes categorias: hanseníase; internação; vida cotidiana; a instituição; condições atuais de saúde; e permanência na instituição após a extinção da internação compulsória.

Palabras clave : hanseníase; isolamento compulsório; história oral; memórias; São Paulo (Brasil).

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons