SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1A constituição do campo psiquiátrico: duas perspectivas antagônicasDa autonomia da boca: práticas curriculares e identidade profissional na emergência do ensino brasileiro da odontologia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versão impressa ISSN 0104-5970

Resumo

BEZERRA, José Arimatea Barros. Educação alimentar e a constituição de trabalhadores fortes, robustos e produtivos: análise da produção científica em nutrição no Brasil, 1934-1941. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2012, vol.19, n.1, pp.157-179. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702012000100009.

Com o objetivo de debater o surgimento do campo de saber em alimentação e nutrição no Brasil, em termos de produção científica, tomou-se como objeto obras produzidas e publicadas entre 1934 e 1941, voltadas para difusão e aplicação da base conceitual e metodológica da alimentação racional. Tendo como referencial a teoria sobre a gênese social de campo, o estudo evidenciou a padronização de abordagem e do modus operandi dos intelectuais da área: a indicação de práticas intervencionistas de educação alimentar e nutricional destinadas a grandes contingentes, influenciadas por ideais socioeducacionais da época e pela ideia de educação como instrumento de redenção social.

Palavras-chave : história da alimentação e nutrição; campo de saber; educação alimentar e nutricional; década de 1930; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons