SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue2'Hot' Earth in the mass media: the reliability of news reports on global warmingBetween parasitic theory and experimental oncology: a proposal for systematizing oncological science in Portugal, 1889-1945 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

História, Ciências, Saúde-Manguinhos

Print version ISSN 0104-5970

Abstract

CASTELO, Cláudia. Investigação científica e política colonial portuguesa: evolução e articulações, 1936-1974. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2012, vol.19, n.2, pp. 391-408. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702012000200003.

Aborda-se a evolução da política científica colonial desenvolvida pelo Estado português no século XX através do estudo de caso da Junta das Missões Geográficas e de Investigações Coloniais/do Ultramar. Órgão diretamente dependente do Ministério das Colônias/do Ultramar, sediado na metrópole, tinha como principal competência orientar os estudos científicos a realizar nos territórios coloniais sob soberania portuguesa. Apuram-se gênese e os desígnios da instituição, compreende-se a interação entre sua atividade e a política colonial, detectam-se os impactos da conjuntura internacional na trajetória e opções estratégicas da Junta. Dá-se particular atenção à fase iniciada no pós-Segunda Guerra Mundial, alinhada com a miragem do desenvolvimento e reativa ao avanço do movimento anticolonial.

Keywords : missões científicas; colonialismo; império português; Junta de Investigações do Ultramar; Portugal.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese