SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número3Commercial fishing and the study of marine fauna in Argentina, 1890-1930O mar no museu: um olhar sobre a educação nos aquários índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versão impressa ISSN 0104-5970

Resumo

ROLLO, Maria Fernanda; QUEIROZ, Maria Inês  e  BRANDAO, Tiago. O mar como ciência: instituições e estratégias da investigação sobre o mar em Portugal no século XX (da Primeira República à democracia). Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2014, vol.21, n.3, pp.847-865. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702014000300004.

A perspectiva histórica revelou o interesse português pelo mar numa série de iniciativas e entidades ao longo do século XX. Desde o início do século à Revolução de 1974, estuda-se a génese de organismos vocacionados para a investigação científica do mar, observando suas missões específicas no contexto da formulação de políticas científicas, concretamente na definição de “políticas do mar”. A vocação marítima portuguesa, a realidade costeira e a posição geográfica estimulam a valorização do conhecimento sobre o mar. Percorrendo diferentes conjunturas histórico-políticas e ciclos de desenvolvimento, captam-se pressupostos e implicações políticas que acentuam a dimensão estratégica da política científica, visível na afirmação geopolítica das questões do mar agregadas sob a oceanografia.

Palavras-chave : instituições científicas; políticas científicas; oceanografia; mar; Portugal.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )     · press release em Português | Inglês