SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4Cultura: pelo cérebro ou no cérebro? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versão impressa ISSN 0104-5970versão On-line ISSN 1678-4758

Resumo

TENORIO, Fernando. Psicose e esquizofrenia: efeitos das mudanças nas classificações psiquiátricas sobre a abordagem clínica e teórica das doenças mentais. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2016, vol.23, n.4, pp.941-963.  Epub 15-Ago-2016. ISSN 1678-4758.  https://doi.org/10.1590/s0104-59702016005000018.

Abordam-se as mudanças nos sistemas de classificação diagnóstica das doenças mentais, em especial o enfraquecimento conceitual da categoria “psicose” e a dominância da esquizofrenia como psicose única. As classificações atuais priorizam uma abordagem fisicalista da patologia mental. Ocorrem, então, a medicalização das condições antes associadas à neurose e à subjetividade; a localização de quadros antes reconhecidos como psicóticos na rubrica dos transtornos de personalidade; e a redução da psicose à esquizofrenia, abordada como deficit das funções psíquicas. Aponta-se a validade clínica e operatória da noção de “psicose” como categoria nosográfica que permite abordagem mais complexa da “esquizofrenia”, última noção, na psiquiatria, com o peso simbólico da loucura.

Palavras-chave : psicose; esquizofrenia; psiquiatria; psicanálise; Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )