SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4The evaluation of psychological development in the dispensarios de lactantes (infant and toddler clinics) in Buenos Aires: medicine and psychology in Argentina, 1935-1942As investigações dos fenômenos psíquicos/espirituais no século XIX: sonambulismo e espiritualismo, 1811-1860 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

versão impressa ISSN 0104-5970versão On-line ISSN 1678-4758

Resumo

REIS, José Roberto Franco. O mentecapto de Itaguaí, história, loucura e saber psiquiátrico: diálogos historiográficos em torno de “O alienista” de Machado de Assis. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2016, vol.23, n.4, pp.1095-1112.  Epub 26-Jan-2016. ISSN 1678-4758.  https://doi.org/10.1590/s0104-59702016005000003.

O artigo analisa a obra “O alienista”, de Machado de Assis, a partir de um diálogo com a historiografia (nem sempre escrita por historiadores) que, desde o final dos anos 1970 até períodos mais recentes, investiga tanto as práticas de intervenção psiquiátricas vigentes no Brasil da segunda metade do século XIX até o começo do XX quanto os aportes teóricos e as lógicas de poder e sociabilidades que davam sustentação a tais práticas. A perspectiva aqui assumida interpreta “O alienista” como um vigoroso “testemunho histórico”, num registro eminentemente crítico, dos momentos iniciais de implantação da medicina mental no Brasil e de seu correlato institucional, que é o hospício.

Palavras-chave : história da loucura; saber psiquiátrico; literatura e história; poder e controle social; nascimento do hospício.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )