SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3In search of a new Eden in the twentieth century: the Portuguese and the establishment of naturist colonies in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

Print version ISSN 0104-5970On-line version ISSN 1678-4758

Abstract

SILVA, Matheus Alves Duarte da. De Bombaim ao Rio de Janeiro: circulação de conhecimento e a criação do Laboratório de Manguinhos, 1894-1902. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2018, vol.25, n.3, pp.639-657. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-59702018000400003.

Para se compreender a fundação, em 1900, e os primeiros trabalhos científicos do Instituto Soroterápico Federal, é necessário analisar a circulação de conhecimento e a disputa internacional envolvendo os soros antipestosos e as vacinas antipestosas. O artigo discute a criação do primeiro soro antipestoso, em Paris, e os testes realizados a partir de 1897 na Índia. Paralelamente, examina a invenção da vacina antipestosa na mesma época em Bombaim e a oposição construída entre ela e o soro antipestoso francês. Em seguida, observa os diferentes caminhos pelos quais esses objetos chegaram ao Brasil e como questões locais se conectaram à disputa científica internacional e justificaram, no Rio de Janeiro, reconfigurações em torno desses dois objetos.

Keywords : bacteriologia; Instituto Pasteur de Paris; Instituto Soroterápico Federal; soro antipestoso; vacina antipestosa.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )