SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Os partidos políticos brasileiros realmente não importam?Sentimentos partidários e atitudes políticas entre os brasileiros author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Opinião Pública

Print version ISSN 0104-6276

Abstract

PEIXOTO, Vitor  and  RENNO, Lucio. Mobilidade social ascendente e voto: as eleições presidenciais de 2010 no Brasil. Opin. Publica [online]. 2011, vol.17, n.2, pp. 304-332. ISSN 0104-6276.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-62762011000200002.

Este trabalho analisa os determinantes do voto em Dilma Rousseff no primeiro e segundo turnos das eleições presidenciais de 2010, usando diversos indicadores políticos, econômicos e sociais. São exploradas as variáveis tradicionalmente indicadas como determinantes do voto, como visões sobre o estado da economia, identificação partidária, avaliação do governo, assim como também fatores explorados de forma menos sistemática, como percepções sobre corrupção e religião. Por último, o trabalho inova ao acrescentar a esse debate o efeito da mobilidade social sobre o voto. Assim, o presente estudo capta o efeito político da ascensão social de setores da população brasileira, a dita "nova classe média". O trabalho utiliza dados do Estudo Eleitoral Brasileiro de 2010.

Keywords : Eleições; voto; mobilidade social; Estudo Eleitoral Brasileiro 2010.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese