SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue9Pessoa e dor no Ocidente (o “holismo metodológico” na Antropologia da Saúde e Doença)Os casos de cura divina e a construção da diferença author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horizontes Antropológicos

Print version ISSN 0104-7183On-line version ISSN 1806-9983

Abstract

SEMAN, Pablo. La heterogénea construcción del sufrimiento en el Gran Buenos Aires. Horiz. antropol. [online]. 1998, vol.4, n.9, pp.29-45. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71831998000200003.

O presente trabalho descreve três concepções diferenciadas de doença, de cura e, consequentemente, da noção de pessoa. O trabalho foi feito uma área periférica da cidade de Buenos Aires. Os dados etnográficos centram na questão da trajetória terapêutica religiosa dos habitantes deste subúrbio. Agentes religiosos católicos e pentecostais, curandeiros, médicos e psicólogos fazem parte de um conjunto a partir do qual os sujeitos selecionam e combinam termos que dão consistência às seguintes concepções: a que chamaremos monista, baseada na estreita relação entre as categorias físicas e morais, a dualista que opera sobre a base da separação da ordem espiritual e material e a trinitária que integra uma esfera psicológica e implica uma reação contra a segunda e uma reabilitação parcial e original da primeira.

        · abstract in English     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )