SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue9“Soldado é superior ao tempo”: da ordem militar à experiência do corpo como locus de resistênciaA banalização da Aids author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horizontes Antropológicos

Print version ISSN 0104-7183On-line version ISSN 1806-9983

Abstract

VIVEROS, Mara. Orden corporal y esterilización masculina. Horiz. antropol. [online]. 1998, vol.4, n.9, pp.145-170. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71831998000200009.

Este artigo propõe uma reflexão a respeito do corpo como territorialidade de políticas, práticas e representações específicas da regulamentação de seu uso reprodutivo. A ordem corporal presente na esterilização masculina permite entendê-la como uma prática que envolve o corpo masculino, mas não o reduz ao seu conteúdo biológico. Neste sentido, esta decisão reprodutiva se constrói em conexão com uma ordem sexual e de gênero que permite colocar em evidência a valorização, o uso e as atribuições diferenciadas que se dão nos corpos masculinos e femininos.

        · abstract in English     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )