SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue18Acerca de la Etnoarqueología en América del SurA prática do xamanismo entre os Kaingang do Brasil meridional: uma breve comparação com o xamanismo Bororo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horizontes Antropológicos

Print version ISSN 0104-7183On-line version ISSN 1806-9983

Abstract

DESCOLA, Philippe. Genealogia de objetos e antropologia da objetivação. Horiz. antropol. [online]. 2002, vol.8, n.18, pp.93-112. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832002000200004.

O artigo defende a idéia de que a questão da gênese social de técnicas deve ser abordada levando-se em conta prioritariamente aquilo que se chama, por convenção, de "escolhas técnicas", invertendo o procedimento habitual para estudá-las. Ao invés de explicações tautológicas que visam a esclarecer as vantagens adaptativas que tornariam necessárias a emergência de uma técnica, questiona-se, aqui, as determinações negativas da escolha: por que tal técnica não apareceu em tal contexto particular que a tornaria possível? Toda técnica resumindo-se a uma relação entre o homem e a matéria viva (nela compreendido ele mesmo) ou inorgânica, esta relação deve ser objetivável, ou seja, representável a partir do estoque preexistente de relações consideradas como possíveis no interior do conjunto cultural considerado. Esta proposição é ilustrada por uma explicação da rejeição da domesticação animal pelas populações ameríndias da Amazônia.

Keywords : amansamento; caça; domesticação animal; índios da Amazônia; técnicas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License