SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue18A prática do xamanismo entre os Kaingang do Brasil meridional: uma breve comparação com o xamanismo BororoUm olhar etnoarqueológico para a ocupação guarani no estado de São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horizontes Antropológicos

Print version ISSN 0104-7183On-line version ISSN 1806-9983

Abstract

FUNARI, Pedro Paulo. Desaparecimento e emergência dos grupos subordinados na arqueologia brasileira. Horiz. antropol. [online]. 2002, vol.8, n.18, pp.131-153. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832002000200006.

Este artigo trata das maneiras como a subordinação foi deixada em segundo plano na interpretação da evidência, tanto na Arqueologia histórica como pré-histórica, e das mudanças recentes, menos restritas, na disciplina no Brasil e como a identidade nacional foi marcada pelo estudo da cultura material e sua apresentação. Trata-se do discurso imperial sobre as origens da civilização, seguido de um estudo do ocaso da Arqueologia imperial e das primeiras décadas do século XX, assim como da Arqueologia acadêmica, a partir da década de 1940.

Keywords : academia; arqueologia e subordinação; discurso imperial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License