SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue37Luzes e sombras no dia social: o símbolo ritual em Victor TurnerProblemas e tensões entre as noções de produção, propriedade intelectual e cultura author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horizontes Antropológicos

Print version ISSN 0104-7183

Abstract

BIRMAN, Patricia. O poder da fé, o milagre do poder: mediadores evangélicos e deslocamento de fronteiras sociais. Horiz. antropol. [online]. 2012, vol.18, n.37, pp. 133-153. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832012000100006.

A partir de dois estudos de caso analisarei neste artigo a articulação de duas tendências do universo evangélico pentecostal: a da vida apartada do mundo e aquela centrada no milagre e no protagonismo divino. A articulação entre elas forma um conjunto, cuja integração variada constitui na atualidade a presença evangélica na esfera pública. Enquanto conjunto, as igrejas evangélicas reconstruíram as fronteiras do religioso, para "dentro" e para "fora". Para "dentro" redefiniram magia e religião deslocando o encantamento do mundo, convencionalmente mantido como mágico, através do catolicismo, para o interior da religião como milagre. Para "fora" os evangélicos adotaram em suas práticas e discursos uma forma de sacralização dos seus agentes e dos seus instrumentos. A aura divina passou a habitar os muitos domínios sociais que, por sua vez, passaram a fornecer a matéria-prima necessária para forjar o protagonismo dos seus pastores.

Keywords : comunidades; evangélicos; fronteiras sociais; mediações religiosas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese