SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número47Gerontologia LGBT: velhice, gênero, sexualidade e a constituição dos “idosos LGBT”Pentecostais, sexualidade e família no Congresso Nacional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horizontes Antropológicos

versão impressa ISSN 0104-7183versão On-line ISSN 1806-9983

Resumo

FRANCA, Marina. Práticas e sentidos da aprendizagem na prostituição. Horiz. antropol. [online]. 2017, vol.23, n.47, pp.325-349. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-71832017000100011.

Este artigo analisa a aprendizagem da prostituição, olhando para a iniciação na atividade e para o desenvolvimento de habilidades, a partir de uma abordagem desenvolvida por Jean Lave, em torno da aprendizagem de práticas sociais. A retomada dos dados de uma pesquisa anterior e uma volta a campo na zona boêmia de Belo Horizonte sob o enfoque da aprendizagem situada permitiu novas leituras e trouxe novas contribuições: evidenciou a interação das novatas com o ambiente de maneira a adequar suas práticas, bem com a importância das histórias contadas entre as prostitutas na aprendizagem do modo de trabalhar, falar, portar-se como uma profissional e lidar com os clientes. Pensar as continuidades e diferenças nos modos de agir das prostitutas e as conexões entre os diversos contextos em que elas transitam apontou também as transformações sócio-históricas da própria prática da prostituição na zona boêmia.

Palavras-chave : aprendizagem; práticas sociais; prostituição; valores sociais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )