SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número53Museus em periferias urbanas brasileirasDja Guata Porã: o rio indígena que desaguou no MAR índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horizontes Antropológicos

versão impressa ISSN 0104-7183versão On-line ISSN 1806-9983

Resumo

FABRIS, Yasmin  e  CORREA, Ronaldo de Oliveira. (Re)encenando o popular: narrativas sobre a cultura brasileira em uma exposição. Horiz. antropol. [online]. 2019, vol.25, n.53, pp.203-225.  Epub 25-Abr-2019. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-71832019000100008.

Os museus, em especial os vinculados aos projetos de identidade nacional ou de um argumento ligado ao Estado, em geral, são espaços de pouca, ou quase nenhuma, abertura para a diversidade de discursos existentes sobre as memórias dos eventos vividos e compartilhados por grupos ou minorias. Desse modo, pretendemos compreender como os museus (re)constroem e (re)encenam narrativas sobre as identidades brasileiras. Para isso, analisamos os discursos agenciados pelo Pavilhão das Culturas Brasileiras, museu que tem como missão, segundo seu projeto conceitual, apresentar ao público as diferentes práticas – materiais e imateriais – que convivem no país. Temos por objetivo explicitar como a exposição que inaugurou a instituição, denominada Puras Misturas, construiu relações simbólicas que enunciaram argumentos sobre a cultura brasileira. A partir da análise da encenação da mostra, buscamos evidenciar as contradições e tensionamentos estruturados pelos modos de expor artefatos populares e hegemônicos no museu.

Palavras-chave : museu; exposição; cultura popular; Pavilhão das Culturas Brasileiras.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )