SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número53Dja Guata Porã: o rio indígena que desaguou no MARUm antropólogo no museu: Edgar Roquette-Pinto e o exercício da antropologia no Brasil nas primeiras décadas do século XX índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horizontes Antropológicos

versão impressa ISSN 0104-7183versão On-line ISSN 1806-9983

Resumo

BRAZ DIAS, Juliana. Histórias contadas: análise de uma experiência entre os Anishinabe. Horiz. antropol. [online]. 2019, vol.25, n.53, pp.257-281.  Epub 25-Abr-2019. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-71832019000100010.

Neste trabalho, procuro primeiramente discutir a necessidade, cada vez mais evidente, de tomar os museus como objeto de investigação antropológica. Incentivo uma análise dos museus capaz de perceber nos mesmos dois tipos de procedimentos tradicionalmente abordados pela antropologia: a classificação e a atribuição de valor. Os museus são aqui tomados como narrativas construídas sobre realidades diversas. Em um segundo momento, parto para a aplicação dessas ideias no estudo de um caso particular: o Ziibiwing Center, um centro cultural construído pelos índios Anishinabe, na cidade de Mount Pleasant (Michigan, Estados Unidos da América). A descrição e a análise da exposição de longa duração desse centro cultural vêm revelar uma narrativa em que o tempo histórico e o tempo mítico se entrelaçam. A experiência do presente é organizada em termos do passado e direcionada para o futuro.

Palavras-chave : museu indígena; Anishinabe; mito; história.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )