SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número53A Exposição Antropológica Brasileira de 1882 e a exibição de índios botocudos: performances de primeiro contato em um caso de zoológico humano brasileiroPercursos do Diabo e seus papéis nas igrejas neopentecostais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horizontes Antropológicos

versão impressa ISSN 0104-7183versão On-line ISSN 1806-9983

Resumo

DUARTE, Luiz Fernando Dias. O Museu Nacional: ciência e educação numa história institucional brasileira. Horiz. antropol. [online]. 2019, vol.25, n.53, pp.359-384.  Epub 25-Abr-2019. ISSN 0104-7183.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-71832019000100013.

Trata-se de abordar a “ilusão biográfica” institucional do Museu Nacional no momento da comemoração de seu bicentenário, do ponto de vista de um insider não historiador. Busca-se modelizar os ritmos de continuidade e descontinuidade dos sucessivos projetos institucionais vigentes ao longo dessa história, concentrando a atenção em alguns momentos de afirmação identitária mais nítida, num contexto geral sempre muito complexo, dependente e mutante. O contraste entre os momentos de apogeu que se espraiam entre o final do século XIX e a primeira metade do século XX e a relativa estagnação das primeiras décadas da segunda metade (em parte decorrente da incorporação efetiva à UFRJ) permitirá compreender a mudança representada pela conjugação da pesquisa à pós-graduação no último quartel do século, abrindo a fértil era em que ainda agora vive a instituição, em sua dimensão mais propriamente científica – apesar do desastre de 2018.

Palavras-chave : museu; ciência; educação; história.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )