SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue3Wood natural resistance of seven forest species to white rot caused by Pycnoporus sanguineusLitter decomposition in a gallery forest revegetation on São Francisco river basin, Minas Gerais State author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


CERNE

Print version ISSN 0104-7760

Abstract

SOUZA, Priscila Bezerra de et al. Florística e diversidade das espécies arbustivo-arbóreas regeneradas no sub-bosque de Anadenanthera peregrina (L.) Speg.. CERNE [online]. 2012, vol.18, n.3, pp.413-421. ISSN 0104-7760.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-77602012000300008.

Neste trabalho, objetivou-se analisar a composição florística e a estrutura da vegetação arbustivo-arbórea em plantio de Anadenanthera peregrina (L) Speg., no município de Naque, MG, de, aproximadamente, 10 ha, de propriedade da empresa Celulose Nipo - Brasileira SA, (19º15'05"S e 42º20'30'W). Foram estabelecidas dez parcelas aleatórias de 20 x 50 m para amostrar os indivíduos com CAP igual ou maior que 15 cm (Classe I). No centro de cada parcela de 20 x 50 m, foi instalada uma sub-parcela de 10 x 10 m para amostrar os indivíduos com altura total igual ou maior que 1,30 m do solo até CAP menor que 15 cm (Classe II). Os indivíduos das parcelas de 20 x 50 m foram classificados quanto às síndromes de dispersão e categorias sucessionais. Além disso, foram realizadas a distribuição diamétrica dos indivíduos amostrados. Foram encontrados 510 indivíduos na classe I, pertencentes a 10 famílias, 15 gêneros e 15 espécies e na classe II, 47 indivíduos de 10 famílias, 14 gêneros e 14 espécies, com índice de similaridade de Sorensen igual a 48%. A classificação sucessional das espécies amostradas nas classes I e II revelou maior riqueza de espécies iniciais na sucessão secundária, com o grupo formado pelas secundárias iniciais e pioneiras, totalizando 93,5% na classe I e 93% na classe II. Considerando as síndromes de dispersão, classe I 60% das espécies possuem dispersão anemocórica. Quanto à distribuição diamétrica por classe de diâmetro de Anadenanthera peregrina e das demais espécies, respectivamente, distribuíram-se em "J"-invertido.

Keywords : Síndromes de dispersão; classificação sucessional; estrutura diamétrica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License