SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue37Last one there's the priest's wife: the Letters of Pardon to priests concubines in lower portuguese Middle AgesThe new family and the legal order author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos Pagu

On-line version ISSN 1809-4449

Abstract

MARCHI, Rita de Cássia. Gênero, infância e relações de poder: interrogações epistemológicas. Cad. Pagu [online]. 2011, n.37, pp.387-406. ISSN 1809-4449.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-83332011000200016.

Este artigo relaciona as posições periféricas da mulher e da criança no campo científico e as atuais dificuldades epistemológicas colocadas à emancipação da infância como categoria sociológica conceitualmente autônoma. Essas dificuldades são similares às resistências com que se depararam, tempos atrás, os "estudos feministas" para estabelecer o gênero como uma nova categoria de análise. A infância é uma construção social atravessada pelas relações assimétricas de poder e ação entre as gerações na sociedade e, no campo científico, pela perspectiva adultocêntrica e predominantemente masculina (androcêntrica) do conhecimento.

Keywords : Estudos Sociais da Infância; Estudos de Gênero; Epistemologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License