SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue37Last one there's the priest's wife: the Letters of Pardon to priests concubines in lower portuguese Middle AgesThe new family and the legal order author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos Pagu

Print version ISSN 0104-8333

Abstract

MARCHI, Rita de Cássia. Gênero, infância e relações de poder: interrogações epistemológicas. Cad. Pagu [online]. 2011, n.37, pp. 387-406. ISSN 0104-8333.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-83332011000200016.

Este artigo relaciona as posições periféricas da mulher e da criança no campo científico e as atuais dificuldades epistemológicas colocadas à emancipação da infância como categoria sociológica conceitualmente autônoma. Essas dificuldades são similares às resistências com que se depararam, tempos atrás, os "estudos feministas" para estabelecer o gênero como uma nova categoria de análise. A infância é uma construção social atravessada pelas relações assimétricas de poder e ação entre as gerações na sociedade e, no campo científico, pela perspectiva adultocêntrica e predominantemente masculina (androcêntrica) do conhecimento.

Keywords : Estudos Sociais da Infância; Estudos de Gênero; Epistemologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese