SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número40Kind-making: the case of child abuseFundamental thematic in gender and sciences in Brazil: race/ethnics, is there a lack? índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Cadernos Pagu

versión impresa ISSN 0104-8333

Resumen

TARNOVSKI, Flávio Luiz. Parentalidade e gênero em famílias homoparentais francesas. Cad. Pagu [online]. 2013, n.40, pp.67-93. ISSN 0104-8333.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-83332013000100002.

As famílias formadas por gays e lésbicas têm se tornado progressivamente mais numerosas e visíveis em vários países do mundo ocidental. Na França, pais e mães homossexuais estão em sua grande maioria organizados em associações, sendo a APGLa principal delas. As famílias homoparentais francesas são oriundas de recomposições familiares, adoções, reprodução assistida ou coparentalidades. Este último caso, objeto deste artigo, se caracteriza por acordos entre gays e lésbicas para a procriação de crianças que circularão entre as residências paterna e materna. Argumento que, apesar da relativa novidade histórica dos arranjos de coparentalidade, as relações entre pais e mães reproduzem assimetrias de gênero que, no entanto, não possuem o mesmo significado que nas famílias constituídas por casais heterossexuais.

Palabras clave : Paternidade; Maternidade; Homossexualidade; Homoparentalidade; Gênero.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons