SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue42The Spanish flu in Salvador: the everyday life in the sick city author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Varia Historia

Print version ISSN 0104-8775

Abstract

SOBRAL, José Manuel; LIMA, Maria Luísa; SILVEIRA E SOUSA, Paulo  and  CASTRO, Paula. Perante a Pneumônica: a epidemia e as respostas das autoridades de saúde pública e dos agentes políticos em Portugal (1918-1919). Varia hist. [online]. 2009, vol.25, n.42, pp. 377-402. ISSN 0104-8775.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-87752009000200002.

A epidemia de gripe pneumónica ocorreu em Portugal num momento em que o país que enfrentava enormes dificuldades de natureza económica, política e sanitária. Chega a um país rural e pobre, envolvido na Grande Guerra de 1914-18, e que se debate com a carência de géneros e a carestia de vida, e com uma fortíssima crise social e política. Apesar de o país estar habituado a sucessivas epidemias, o carácter imprevisto e violento da pneumónica (estima-se que tenha provocado quase 140 mil mortos num país com cerca de 6 milhões de habitantes) fez com que a resposta dos agentes políticos e sanitários fosse marcada por factores ligados à conjuntura (crise económica, social e política) e de tipo estrutural (condições higiénicas e sanitárias deficientes, falta de meios em capital económico, de médicos e de medicamentos, impotência do conhecimento médico para debelar a epidemia).

Keywords : Gripe pneumónica; autoridades de saúde pública; agentes políticos; Portugal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese