SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número47De Lisboa ao Rio de Janeiro: a trajetória da Coleção Diogo Barbosa MachadoDoenças de feitiço: as Minas setecentistas e o imaginário das doenças índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Varia Historia

versão impressa ISSN 0104-8775

Resumo

SILVA, Kalina Vanderlei. Fidalgos, capitães e senhores de engenho: o Humanismo, o Barroco e o diálogo cultural entre Castela e a sociedade açucareira (Pernambuco, séculos XVI e XVII). Varia hist. [online]. 2012, vol.28, n.47, pp. 235-257. ISSN 0104-8775.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-87752012000100011.

Este artigo propõe uma análise das relações culturais entre a elite açucareira da Capitania de Pernambuco e a Espanha Habsburga durante a União Ibérica, a partir do sistema de valores inspirado nas práticas cortesãs da fidalguia ibérica e na estrutura filosófica humanista e barroca dos letrados castelhanos. Partindo das linhas gerais do pensamento humanista e barroco, e das práticas cortesãs portuguesas e castelhanas, focalizam-se as trocas culturais entre as vilas do açúcar e a Corte Habsburga através do intercâmbio de homens e ideias.

Palavras-chave : imaginário barroco; nobreza castelhana; elite açucareira.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português