SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número2Influência das Microestruturas Resultantes no Desgaste Abrasivo e por Deslizamento de um Aço Estrutural ASTM A242 Soldado pelo Processo MAGDeposição por Fricção de AA5083-H112 sobre AA2024-T3 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Soldagem & Inspeção

versão impressa ISSN 0104-9224versão On-line ISSN 1980-6973

Resumo

SANTOS FILHO, Olavo Ribeiro dos et al. Avaliação de Juntas Soldadas de um Aço Fundido de Alta Resistência para a Indústria Offshore. Soldag. insp. [online]. 2018, vol.23, n.2, pp.205-224. ISSN 0104-9224.  http://dx.doi.org/10.1590/0104-9224/si2302.08.

Os torpedos de ancoragem são estruturas tubulares de aço carbono soldadas, e que tem sua ligação com as linhas de ancoragem que impedem o movimento das plataformas através de olhais de carregamento que são soldados nos tubos de construção. Como estes olhais apresentam geometria complexa, é importante a utilização de peças fundidas para a fabricação destes componentes, de forma a possibilitar o atendimento da demanda do mercado. Como a literatura técnica sobre este tipo de união soldada é ainda limitada, o presente trabalho estuda o comportamento de juntas soldadas de um aço fundido de alta resistência para utilização em olhais de torpedos de ancoragem de plataformas offshore. Para tanto, foram produzidas juntas soldadas com chanfro em K utilizando um aço de classificação ASTM A 148 Gr. 105-85 com resistência mecânica da ordem de 700 MPa, pelo processo eletrodo revestido, na posição plana, com preaquecimento de 200 °C e energia de soldagem média de 1,5 kJ/mm. Após a soldagem, foi realizado tratamento térmico pós-soldagem (TTPS) consistindo de aquecimento a 620 °C por 1 hora com resfriamento ao ar. As propriedades foram avaliadas por ensaios de tração, dureza, impacto Charpy-V e metalográficos por microscopia óptica e eletrônica de varredura com utilização da técnica de EBSD (eléctron backscatering difraction), tanto na condição de como soldado quanto após TTPS. Os resultados revelaram que, embora as propriedades mecânicas obtidas na junta soldada atendam os requisitos para a aplicação em todas as condições de análise, recomenda-se a execução do TTPS para alívio das tensões residuais e promover um revenimento da martensita de alta dureza do último passe de soldagem. Adicionalmente, verificou-se ser possível obter propriedades similares as de juntas soldadas de aços laminados usualmente utilizados em componentes de ancoragem.

Palavras-chave : Aço fundido; Soldagem; Propriedades mecânicas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )