SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número1As novas tecnologias reprodutivas: o estatuto do embrião e a noção de pessoaGlobalização: antropologia e religião índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

SEYFERTH, Giralda. A assimilação dos imigrantes como questão nacional. Mana [online]. 1997, vol.3, n.1, pp.95-131. ISSN 0104-9313.  https://doi.org/10.1590/S0104-93131997000100004.

A campanha de nacionalização instituída durante o Estado Novo (1937-1945) interferiu na vida cotidiana dos imigrantes e descendentes estabelecidos no Brasil - denominados alienígenas em razão das etnicidades prevalecentes e das culturas diferenciadas - exigindo sua assimilação (enquanto sinônimo de caldeamento) em nome da unidade nacional. O presente artigo focaliza aspectos do discurso militar sobre a campanha e seus objetivos de assimilação forçada, a partir de textos produzidos por oficiais do Exército que trabalharam como agentes da nacionalização no Vale do Itajaí (SC) - região considerada paradigma de "enquistamento", afastada dos princípios da "brasilidade". Procura mostrar que, na condução da campanha pelos militares, prevaleceu uma concepção de Estado-nação que negou legitimidade a quaisquer formas de pertencimento étnico, conforme parâmetros próprios da ideologia nacionalista brasileira gestada desde o século XIX.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons