SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue2Decifra-me ou te devoro! As finanças e a sociedade brasileiraA (di)gestão do risco nuclear na França: o caso das Comissões Locais de Informação author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Mana

Print version ISSN 0104-9313

Abstract

LUNA, Naara. A personalização do embrião humano: da transcendência na biologia. Mana [online]. 2007, vol.13, n.2, pp. 411-440. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-93132007000200005.

Este artigo examina representações de embrião e feto humanos presentes no discurso de profissionais envolvidos com a medicina de reprodução humana e os serviços de infertilidade, além de textos publicados na grande imprensa. Enfocou-se o debate sobre o estatuto do embrião fora do corpo, em particular, a polêmica sobre o uso de embriões humanos como material de pesquisa para a obtenção de células-tronco, área de investigação científica que traz a expectativa de cura de diversas doenças. Esse debate indica situações de "drama social" ou controvérsia, quando se exprimem questões cruciais na constituição de uma sociedade. Encontraram-se representações sobre o embrião e o feto humanos que lhes atribuem ou negam a condição de pessoa. A argumentação baseia-se em descrições de caráter biológico, invocando os discursos científico e religioso. Valores correntes da cosmologia ocidental moderna revelam-se nas descrições.

Keywords : Embrião humano; Células-tronco; Construção social da pessoa; Biologização.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese